Saindo do lugar comum: Snail Bob 8 – Island Story

Movies
04 jan 2015

E às vezes tudo que queremos é passar o tempo com algum jogo, mas estamos cansados das mesmices. Foi nessa vibe que fui apresentado ao Snail Bob 8: Island Story.

Em Snail Bob 8, seguimos as aventuras do caramujo Bob, tentando retornar pra casa após ser separado de seu lar e acabar em uma ilha.

Como se agrada um nerd? Dando a ele elementos do mundo nerd!

E o jogo cumpre isso de maneira direta, sem se ater a easter eggs. Você vai encontrar desde Wilson (a bola de vôlei de O Náufrago), até portails azuis e laranja do game Portal!

O game inicialmente parece um game de plataforma, mas no momento que começa, você compreende que ele é mais que apenas isso, juntando características de games point & click e puzzle. O caramujo está sempre em movimento (lembram dos Lemmings?) e você interage com o cenário para direcionar nosso improvável herói à saída.

As primeiras fases cumprem bem o papel de mostrar como o jogo funciona e, depois da terceira fase, o jogo mistura elementos que aumentam o desafio.

Um destaque legal são pequenas variações quando o personagem morre ou descansa, tornando cada momento uma possível nova descoberta do jogo (às vezes te encorajando a jogar Bob em uma armadilha ou buraco para ver sua reação).

A simulação física é feita usando a Box2D, uma engine open source feita em C++ para simular corpos rígidos em 2D.

Além de cumprir a missão de levar Bob à sída, você mantém a dinâmica de encontrar estrelas, que podem estar camufladas ao longo dos desafios, o que torna mais desafiante ainda, já que você tem que cuidar para onde o caramujo vai, pensar em como resover os puzzles e ainda encontrar as estrelas, que nem sempre estão visíveis.

Com 90 níveis rápidos, Snail Bob 8 é uma ótima opção se quiser sair do lugar comum e achar uma novo game pra passar o tempo.

Share

O Estagiário

Fico de plantão pros cabeça nerd, jogando na camufla e curtindo umas imagens nas interwebs.