Os Deuses de Marte – Edgar Rice Brurroughs

escritor Edgar Rice é mundialmente conhecido como o autor de Tarzan, mas outra obra dele que fez muito sucesso na mesma época mas não pôde ser adaptada para o cinema até recentemente são as crônicas de Barsoom.

Edgar Rice nasceu em Chicago em 1875, e se tornou um dos mestres de pulp fictions da época influenciando diversos outros autores como Isaac Asimov, Ray Bradbury, HP Lovecraft, Frank Herbert, Arthur C. Clark, entre outros.

As histórias de Barsoom foram escritas inicialmente como contos, iniciados em 1912, e depois se transformaria numa coleção de 11 livros. Até agora a editora Aleph lançou os 3 primeiros livros da série, Uma princesa de Marte, Os deuses de Marte e O comandante de Marte.

Uma princesa de marte

O capitão John Carter, combatente do exército confederado, tenta recomeçar sua vida após perder tudo o que possuia com o fim da Guerra Civil Americana. Ele só não poderia imaginar que seu caminho o levaria a terras desconhecidas em outro planeta. Apesar da aparência inóspita, Marte é repleto de vida, com uma flora peculiar e fauna diversificada, habitada por estranhas raças constantemente em guerra umas com as outras. Capturado pelos temíveis tharks, John Carter luta por sua liberdade e busca conquistar o amor de Dejah Thoris, princesa de Helium. Numa jornada repleta de contratempos, ele se envolve em disputas entre as diversas tribos de Barsoom – como o planeta é chamado por seus habitantes –, fazendo poderosos inimigos e ganhando a confiança de importantes aliados. Em seus romances barsoomianos, do qual Uma Princesa de Marte é o primeiro livro, seguido por Os Deuses de Marte e O Comandante de Marte, Burroughs criou um herói marcante, uma cultura vasta e rica.

Os deuses de Marte

Os deuses de Marte

Os Deuses de Marte dá sequência à história do herói interplanetário John Carter. Escrito com a mesma maestria que Edgar Rice Burroughs empregou em Uma Princesa de Marte, o livro garante uma continuação repleta de ação, aventura, mistério e romance.
Vinte anos se passaram desde que John Carter pisou pela primeira vez em solo marciano. Entretanto, todas as suas aventuras ficaram para trás e suas conquistas estão ameaçadas. Perdido numa terra de beleza paradisíaca e brutalidade infernal, ele deve retomar sua jornada por Barsoom, começando por salvar um velho amigo.
A revelação de que uma tradição barsoomiana não passa de uma farsa e que uma brutal realidade é oculta dos marcianos vermelhos e verdes faz com que John Carter parta em uma cruzada para libertar o planeta das garras de uma terrível conspiração envolvendo inimigos até então desconhecidos.

Minhas considerações

Edgar Rice é um dos grandes escritores de ficção cientifica no estilo de pulp fiction de todos os tempos. Se você quer ler uma aventura com muito romance e muita, mas muita ação com certeza não vai ficar decepcionado. Nesse continuação você vai ter ainda mais lutas de espadas, batalhas, guerras, monstros e criaturas estranhas.

A criação de todo o universo feito no primeiro livro vai ser bastante ampliada no segundo. Mais raças e mais culturas, além de uma nova trama com mais suspense, e novamente o mundo para ser salvo, uma aventura que deixa você preso até a última palavra.

A edição da Aleph também é muito bonita, com uma letra bem confortável para leitura e uma capa interessante. Recomendo fortemente que acompanhem o facebook da editora Aleph (https://www.facebook.com/editoraaleph) que é a editora “queridinha” dos que gostam de ficção cientifica.

Só posso recomendar que você leia esse classico da ficção cientifica, e lute por Barsoom.

O Filme

O filme não foi aquele sucesso todo que todo mundo esperava. Mas eu gostei, apesar de ser bem diferente do livro a ideia principal é mantida.

By |2019-04-26T02:25:08+00:00abril 27th, 2019|Uncategorized|0 Comments

About the Author: