Agent Carter: Saiba tudo sobre A poderosa Vilã da Segunda temporada

Movies
18 jan 2016

A segunda temporada de Agent Carter já está aí e junto com ela vem uma vilã escolhida à dedo para enfrentar Peggy Carter. Madame Máscara originalmente fez parte das histórias do Homem-de-Ferro, é filha de um dos grandes vilões da Marvel, o Conde Nefária, mas para a adaptação da série, será uma atriz de Hollywood com grandes habilidades de cientista e inventora.

Sua origem nas HQ´s é muito interessante. Nascida na Itália, seu pai Conde Nefária ordenou que Byron e Loretta Frost a criassem nos Estados Unidos depois que sua mãe faleceu durante o parto. Essa rejeição certamente contribuiu para sua personalidade perturbada que veio aparecer na fase adulta, até mesmo porque seu pai sempre desejou um filho, mas ao invés de receber um sucessor para seus negócios, nasceu Giulietta Nefária, que foi chamada de Whitney Frost pelos pais adotivos.

A construção da vilã para o seriado Agent Carter tem muito o que oferecer. Sua personalidade é distinta da Agent Carter, e não somente por ser uma vilã. Como Peggy está constantemente tentando mostrar seu valor e driblar o preconceito por ser mulher no Pós-Guerra, ela vai encontrar uma adversária que é sedutora, mesmo depois do acidente que a obrigará a usar uma máscara, inteligente, rica e confiante.

O que Agent Carter pode esperar de Whitney Frost

agent-carter-madame-mascara1 – Sofisticação e muita classe – Madame Máscara nos HQ´s foi criada por pais adotivos ricos e frequentava a alta-sociedade sendo noiva de um político em ascensão. Como será uma atriz na série, ela também poderá ter bons relacionamentos, principalmente porque seu marido será um importante homem de negócios.

2 – Inteligência acima da média – afinal de contas ela domina as artes cênicas e a ciência como poucos. Nas HQ´s ela chegou a construir várias cópias de si mesma provando sua habilidade extrema como cientista.

3 – Habilidades físicas diferenciadas – Ela não possui nenhum poder sobre-humano, mas em sua história original foi treinada pelo Conde Nefária para que assumisse uma das maiores organizações criminosas do mundo, a Maggia. Por não ter superpoderes, poderá usar armas de fogo e artes marciais em seus ataques.

4 – Personalidade paranoica – As motivações para que Whitney Frost entrasse para o crime são diversas, começando pela rejeição inicial de seu pai quando ela nasceu. Anos depois, noiva de um político de Nova Iorque, perdeu seus pais adotivos e então descobriu que era filha de Conde Nefária, que a chamou para assumir uma organização criminosa da qual fazia parte. Quando recusou, foi ameaçada de ter sua verdadeira identidade revelada para todos. Ela então pede ajuda a seu noivo, mas ele foge por acreditar que o relacionamento deles poderia atrapalhar sua carreira. Desiludida com o amor e pressionada por seu pai e seu histórico que nunca poderia ser apagado, ela aceita se tornar uma das vilãs mais inteligente e articulada dos Estados Unidos.

5 – Ambiciosa – Ao assumir a organização criminosa foi ainda mais audaciosa a ponto de desafiar os governos e grandes indústrias como a de Tony Starks, roubando armas e ameaçando a sociedade com planos de destruição em massa.

A escolha de Madame Máscara certamente não foi aleatória. Não só pelo seu histórico das HQ´s, mas porque sua própria personalidade já é conflituosa com os dilemas da vida de Agent Carter. Tudo que Peggy se esforça para conquistar, seja o reconhecimento de suas habilidades ou sua independência, Whitney Frost já possui com louvor, e isso poderá ser visto em cenas eletrizantes da segunda temporada de Agent Carter.

Share

Lidianery Massari